domingo, 24 de janeiro de 2010

Poesia de Baires - Karen Raquel Tanski Paraná

A professora de espanhol Karen Raquel Tanski Paraná escreveu o poema Buenos Aires de Verano para a abertura da exposição de fotos Bs As - Braços Abertos da fotógrafa e designer gráfico Luísa Hervé.

“Buenos Aires de verano....

Aún más singular es el encantamiento que provoca a los que recibe de Brazos Abiertos.
Buenos Aires de verano…
La que amanece temprano sus jardines en flores. Las flores que regalan colores hasta el alma más gris.
Buenos Aires de verano…
La Buenos Aires de cálidos aires. Estos que en las noches calientan los locos corazones que vagan por sus anchas calles.
Buenos Aires de verano…
La ciudad de las flores, de los colores, de los locos corazones…
Buenos Aires de verano…
La Buenos Aires: Brazos Abiertos a quien quiera sentir loco el corazón por respirar sus buenos aires.”

(Por Karen Raquel – 24/01/2010)

Karen Raquel Tanski Paraná, tem 27 anos de idade, é formada em LETRAS - Licenciatura com ênfase em Língua Portuguesa e Língua Espanhola - pela UFRGS – Universidade Federal do Rio Grande do Sul, professora de Língua Espanhola dos cursos pré-vestibulares Unificado, Ativação e Afrânio. Foi professora de Língua Espanhola do NELE – Núcleo de Ensino de Línguas em Extensão da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Participou de inúmeras atividades acadêmicas na UFRGS, e, no ano de 2005, destacou-se pela ampla experiência em pesquisa e elaboração de material didático para o ensino de Língua Espanhola através da participação na ação de extensão universitária da UFRGS – modalidade Produção e Publicação: “Produção e elaboração de material didático de língua espanhola para escolas públicas” e como parte de Equipe Executora no contato com aluno/público na ação de extensão universitária da UFRGS – modalidade Ação Social e Comunitária: PROJETO NAP/PIMEI 2005. Nas horas vagas, dedica-se a escrever belos poemas em português e espanhol e está trabalhando em parceria com o Atelier do Bonde para ministrar oficinas e aulas particulares de espanhol e, em breve, apresentará a exposição de seus poemas no bonde. 


4 comentários:

  1. Karen !

    Prazer em conhecer tua lindíssima poesia sobre Buenos Aires. Despertou-me emoção e agradeço-te
    por isto. Leio espanhol mas não sou letrado o suficiente para escrever nesta língua tão poética em que aprendi como os poemas do grande Pablo Neruda em edições belíngues. Seria interessante que traduzisses a teu poema a fim de abranger mais leitores. Poderias fazê-lo bilíngue. Que achas? De qualquer forma te agradeço por poder desfrutá-lo no original em espanho. Grande abraço de um admirador.

    Ialmar Pio Schneider

    P.S. Recomendações à Ângela, à Kika e à Glaucia.

    ResponderExcluir
  2. SONETO - em 21.01.2010 - Capão da Canoa - RS




    Preciso te esquecer nos momentos adversos


    em que sonho contigo e me deixo a ficar


    pensativo, escrevendo os meus tristonhos versos


    repletos de emoção, vendo as ondas do mar...




    Se pudesse fugir para outros universos


    onde existisse a paz que permite sonhar


    felizes madrigais que não sejam perversos,


    levaria meu ser, hoje, para este lugar.




    Porém, onde estivesse, ainda que sozinho,


    te levaria junto aos meus bons pensamentos,


    porque tua lembrança, enfim, é o meu carinho...




    Se soubesse olvidar teu semblante garrido,


    não seria feliz quanto aos meus sentimentos,


    pois sem te conhecer, não teria vivido !




    IALMAR PIO SCHNEIDER

    **************************
    Um dos meus últimos sonetos. Está no meu blog seguinte:

    http://ialmarpioschneider.blogspot.com/

    Agradeço

    ResponderExcluir
  3. Agradeço tua apreciação ao meu soneto. Poderemos pensar em parceria para verter para o espanhol?
    Estoy en Canasvieiras, Floripa, hay muchas hermanitas. Adquiri um livro de Tagore em espanhol - Cuentos Elegidos. Felicidades a todas as amigas do UOL K. bJS. - Ialmar Pio

    ResponderExcluir
  4. Olá Angela, indicação maravilhosa de uma amiga minha, vim, vi e voltarei. Adorei o espaço e vou conhecer o da vida real. Abraço forte!

    ResponderExcluir