sábado, 19 de outubro de 2013

Patrimônio Histórico Preservado


Manifesto HABAB - Associação Histórica, Artística e Cultural do Atelier do Bonde


Flavio Stefani em Sessão de Autógrafos no Bonde

Aconteceu no sábado, dia 03 de agosto, no Atelier do Bonde, na Otto 1.173, o Lançamento do Livro de Flávio Roberto Stefani  “Novas Andanças”, contendo uma mescla de Poemas e Trovas e sendo autografado pelo autor dentro do antigo Bonde da Carris estacionado no pátio. Flávio é natural de Porto Alegre, formado em Direito pela UFURGS em 1973, atualmente trabalhando como corretor de imóveis em sua empresa - Stefani Imóveis - também na Otto Niemeyer, 2.460. Em 1969, ingressou nos quadros da União Brasileira de Trovadores – UBT, sendo eleito Presidente da mesma, permanecendo no cargo até hoje, com intervalo de dois anos, poetando e difundindo a poesia com paixão e qualidade ímpar.

Dedicando parte do seu tempo à valorização cultural por meio da escrita, foi também produtor e apresentador de programas culturais nas rádios Porto Alegre e Educadora, estando presentemente vinculado à Rádio Comunitária Belém Velho, onde apresenta o Programa “Hora da Trova”. Criador e Coordenador, durante oito edições, do festival de música nativista “Figueira da Canção Nativa”, voltado aos novos talentos da música regional do RS. Como tradicionalista, integra os quadros do CTG Estância da Figueira, onde exerceu, por 15 anos, o cargo de Diretor Cultural, e da Estância da Poesia Crioula, colecionando uma centena e meia de troféus em Concursos de Trova e Poesia por todo o Brasil.


Explica o laureado poeta que a criação de uma trova é um trabalho sensacional e muito excitante, posto que desafia o autor a colocar a ideia toda em apenas quatro linhas de sete sílabas poéticas cada uma, com rimas alternadas.  Garante ainda que a grande confraria formada pelos trovadores utiliza a poesia como veículo para promover um mundo melhor e mais belo. Com efeito, não faltou para abrilhantar a tarde, a participação gaudéria dos músicos Chiquinho dos Santos (gaita) e André Martins (violão), abrindo os trabalhos no Bonde com a música Mercedita, de Os Serranos.

video

BONDE MUDANÇA - ARTE, CULTURA, EDUCAÇÃO E CIDADANIA


Diante dos acontecimentos que sacudiram o Brasil em direção à mudança, a sociedade descobriu-se protagonista do processo de moralização do país. A centelha de indignação nasceu na Internet, onde grupos de pessoas livremente interagem, trocam ideias e, de uma forma interessante e nova, expandem a consciência, quebram paradigmas e elevam o padrão mental em debates informais, descontraídos e, não raro, profundos. Redes de interação estão sendo criadas a todo o momento, e é chegada a hora de nos unirmos em prol de objetivos altruístas, humanitários e sociais. 

O Atelier do Bonde é um espaço de criação, de trocas, de vivências e do exercício do livre pensar através da arte. Buscamos expressividade e representatividade. Entendemos que juntos podemos fazer a diferença e que, como artistas, podemos criar e recriar a nossa história. Não nos basta trabalhar de forma isolada, queremos nos organizar em grupo e agirmos coletivamente pelo bem do todo e para mudar o mundo. Por que não?

Foi pensando assim, que iniciamos esse trabalho com uma peça chave no processo de mudança: a EDUCAÇÃO. Dessa forma, iniciaremos um ciclo de palestras e debates sobre aprendizagem, mudança comportamental, currículo escolar, formação educacional, capacitação técnica e artística, entre outros assuntos ligados ao tema. A ideia é promover encontros multidisciplinares, oficinas, debates, workshops, entre outros eventos culturais com profissionais de diversas áreas, educadores, psicólogos, pedagogos, artistas, escritores, estudantes, juristas, pesquisadores, membros de entidades sociais, comunidades, escolas e com a população.

Esse grupo foi criado para que possamos promover um canal de comunicação online para trocar ideias, marcar eventos fora do espaço virtual, enfim, para ousar e criar coletivamente. Gostaria de convidá-lo para integrar este espaço (online e off-line) e para caminharmos juntos rumo a novos horizontes, a novas formas de desenvolvimento pessoal e coletivo. Aqui não temos uma forma pronta, apenas a vontade de fazermos algo diferente e grandioso nos move.

Endereço do Grupo no Facebbok:

https://www.facebook.com/groups/134844773390548/

O Atelier do Bonde situa-se na Av. Otto Niemeyer, 1.173, no Bairro Tristeza, na Zona Sul de Porto Alegre

Manifesto Aprova Já

A Associação Histórica, Artística e Cultural do Atelier do Bonde apoia o Movimento Aprova Já , que visa a qualificação e moralização 
dos setores responsáveis pelo licenciamento urbano em Porto Alegre. Existem hoje milhares de projetos de arquitetura aguardando a análise dos Órgãos Públicos relacionados, mas em torno de dez revisores apenas trabalhando. Pessoas esperam para construir suas casas ou validarem o alvará comercial de seus empreendimentos e imóveis. A burocracia aumentou consideravelmente e simples residencias levam dois anos para serem aprovadas. Muito disso é devido ao baixo salário e a falta de capacitação dos funcionários, sem falar na enorme quantidade de CCs assumindo cargos técnicos sem qualquer formação na área. O Movimento propõe a elaboração de um Projeto de Lei para moralizar e qualificar o sistema, mediante a criação de critérios claros de aprovação e transparência para que o Plano Diretor e o Estatuto da Cidade sejam respeitados. Ajude com a tua assinatura e divulgue para os teus contatos. A assinatura pode ser feita na sede do Atelier do Bonde na Av. Otto Niemeyer, 1.173, no Bairro Tristeza ou via Internet no seguinte endereço:




Em 1º de outubro de 2013 lançamos a petição online de apoio ao manifesto do Movimento Aprova Já. Dezenove dias depois, utilizando somente o facebook e a mobilização de Arquitetos e Engenheiros insatisfeitos e com a vontade de mudanças que movem os idealistas como Mauro Schreiner, nosso apoiador nº 500, contamos com uma legião de seguidores que nos incentivam a lutar e aumentam nossa responsabilidade.

Tudo temos por fazer, mas temos a consciência de que nosso Movimento já cumpriu sua principal tarefa, a de provocar o debate e oportunizar aos que são a favor ou contra nossas reivindicações se posicionarem e apresentarem suas propostas.

Cidadãos como nós e os que nos apoiam, entidades da Arquitetura e Engenharia e demais segmentos da Construção Civil, o segundo em geração de empregos formais no Brasil, precisamos nos mobilizar para modificar profundamente a situação de aprovação e liberação de obras em Porto Alegre, não com medidas maquiadoras, pontuais ou emergenciais, mas com uma mudança radical, planejada e duradoura, que beneficie as categorias mas, principalmente, a sociedade civil consumidora dos serviços de Arquitetura e Engenharia.

Muito obrigado do fundo de nossos corações a todos, cada um de vocês deu sentido ao nosso engajamento e esforço mas...

A luta continua, companheiros, e não tá morto quem peleia...

Arquiteto Paulo Bettanin, autor do Manifesto Aprova Já