sexta-feira, 20 de agosto de 2010

Responsabilidade Social


Na ensolarada tarde da quarta-feira, do dia 28 de julho, o Associação Artística e Cultural do Atelier do Bonde (HACAB), recentemente fundada, recebeu a visita do grupo de crianças e adolescentes do Centro Comunitário Educacional (CCE), que atende jovens da Vila Sta Bárbara em situação de vulnerabilidade social. O grupo participou de atividades artísticas e pedagógicas e dinâmicas de grupo, técnicas socioeducativas com o objetivo de facilitar o processo afetivo e promover o resgate da cidadania e a inclusão social. O trabalho foi orientado pela equipe de educadores do Atelier do Bonde e a família de músicos circenses do Grupo Boraimbolá, acompanhados pelas educadoras e fundadoras da ONG educacional do CCE.

A iniciativa de levar esses jovens alunos ao atelier faz parte do projeto “Arte, Cultura e Educação no Bonde” e tem como meta potencializar a inclusão e a promoção social por meio da arte e da cultura, apresentando programas culturais que favoreçam o resgate social da memória e a preservação do acervo e da cultura local por meio da educação e da valorização da paz, da cidadania, dos direitos da criança e do adolescente e da conscientização ecológica. O projeto em tela está disputando o edital da Fundação Maurício Sirotski para a Rede Parceria Social e pretende introduzir jovens e crianças no universo criativo, facilitando a expressão e o desenvolvimento motor, sensorial e educacional por meio da arte, a fim de possibilitar a inclusão nas atividades escolares e sociais, facilitando o processo de aprendizado por meio de brincadeiras, práticas artísticas e exercícios de imaginação criativa, explorando os espaços lúdicos dentro e fora do bonde, bem como desenvolver a consciência ecológica e facilitar o conhecimento da história e da cultura em nossa cidade e como forma de possibilitar o despertar de talentos através do ensino da arte.

O CCE é uma entidade social que privilegia a educação integral e baseia-se na construção de um espaço educativo e de proteção no qual a organização, as famílias e a sociedade interagem, no compromisso com a criança e o adolescente, auxiliando na busca pela cidadania e na melhoria da qualidade de vida de famílias em situação social vulnerável. Fundado em 18 de agosto de 2000 por um grupo de senhoras da comunidade, auxiliadas pela Sra. Eneida Kasper, o CCE tem realizado um trabalho exemplar no atendimento desses jovens, atingindo o reconhecimento de órgãos púbicos responsáveis pela assistência social e educação. A ONG educacional do CCE obteve importantes qualificações, e, atualmente, possui registros oficiais no Conselho Municipal de Assistência Social (CMAS), no Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), no SESC, na Secretaria de Trabalho de Assistência Social e Cidadania (STCAS), Serviço Sócio-Educativo (SASE).

Rafael Moura e sua esposa Ridan Albuquerque do grupo circense Boraimbolá, sensibilizados com a história da ONG CCE e interessados nas propostas socioeducativas e culturais da HACAB, ofereceram-se para trabalhar como parceiros nesse e nos futuros projetos como educadores, trazendo sua experiência em projetos sociais semelhantes desenvolvidos pela FASC junto a comunidades de outras regiões da cidade e do interior do Estado. Rafael entende que o projeto precisa ser sustentável, dessa forma, pretende criar grupos de trabalho junto à comunidade para possibilitar que a iniciativa possa ter continuidade e “replicabilidade”.

As propostas da HACAB e do CCE partiram da mobilização e dedicação da equipe de profissionais do Atelier do Bonde e de senhoras da comunidade que trabalham com causas nobres, visando ao desenvolvimento social e cultural da região. Essas duas ONGs são receptivas à novos projetos e a parcerias com pessoas que compartilham da mesma visão e busca o apoio e o patrocínio de empresários locais e dos órgãos públicos com o objetivo de promover a autossustentabilidade local dos bairros. A idéia é a formação de grupos de trabalho continuado junto às comunidades para promoção da cultura, arte, educação e desenvolvimento social da Zona Sul.

Aos interessados nesses projetos, entrar em contato com a HACAB ou com o CCE nos seguintes endereços:

HACAB – Associação Histórica, Artística e Cultural do Atelier do Bonde
Av. Otto Niemeyer, 1173 – B. tristeza
Fone: 98088777 ou 32374159

CCE - Centro Comunitário Educacional
Rua Landel de Moura, nº 847 – B. Tristeza
Fone: 30628597


Para maiores informações sobre o grupo de músicos e artistas circenses Boraimbolá, o site é:
CIA MUNDO PARALELO

2 comentários:

  1. Angela, Zilka, Glaucia ! Parabéns.
    DIA DOS ARTISTAS
    Autor: Ubiratan Lustosa

    Transcorre em 24 de Agosto o Dia dos Artistas e eu quero abraçar, com admiração e respeito, todos aqueles que se dedicam, com talento e inspiração, a alguma espécie de arte.
    Quero saudar todos os artistas, desde aquele humilde artesão que, com o seu canivete, esculpe na madeira as imagens mais toscas, até o escultor culto e acadêmico, de cujo cinzel erudito saem as obras que as gerações admiram.
    Quero saudar o pintor emérito que a todos encanta com as suas telas de magistral beleza e o singelo pintor de paredes que também é um artista, e do qual muito se exige em dedicação e esmero.
    Quero saudar os autores de obras musicais de rara beleza, que escrevem melodias imortais no pentagrama onde as notas bailam suavemente, levando-os à consagração mundial... e quero saudar também os compositores de páginas musicais populares, das toadas aos fandangos, dos baiões aos cateretês, das modas de viola aos sambas que mexem com a gente.
    Quero saudar os atores teatrais que, na ribalta iluminada, provocam emoções e arrancam aplausos, levando o público às lágrimas e às gargalhadas, fazendo do palco a sua vida e a sua realização artística.
    A todos os que cantam, os que bailam, os que escrevem, os que interpretam, os que dirigem os espetáculos, os que fazem os cenários, os trajes adequados, a iluminação que tantos efeitos produz, a todos eu abraço com respeito e admiração.
    Quero saudar, com muito afeto, os escritores e os poetas, talento explodindo em forma de prosa e verso.
    Quero abraçar, com muito carinho, os artistas circenses. Esses abnegados que, sob a lona cara e resistente dos grandes circos ou sob a remendada e frágil cobertura dos circos mais pobres, extravasam a sua arte popular, muitas vezes em troca apenas do aplauso de uma platéia sempre exigente, essa platéia que facilmente desce da ovação que consagra à vaia que constrange e aniquila.
    E no DIA DOS ARTISTAS eu quero abraçar, com muito afeto, o brasileiro comum, artista de todas as horas que se equilibra na corda bamba das dificuldades, plantando bananeiras e fazendo cambalhotas, rindo e chorando, sempre exposto ao perigo nesse trapézio da vida em que nem mesmo aplausos conquista. Todo brasileiro é um artista, um malabarista, um equilibrista que consegue superar obstáculos e vencer dificuldades, um perito na arte de sobreviver.
    Sim, também saúdo o artista operário, o artista lavrador, o artista bancário, funcionário público, comerciário, industriário, e por aí afora. Porque todos só conseguem continuar vivos com muito engenho e arte, resistindo à camisa-de-força de um orçamento familiar difícil de administrar.
    Vamos festejar, todos juntos sim, o Dia dos Artistas.
    (Do livro "Nosso Encontro", coletânea de crônicas radiofônicas de Ubiratan Lustosa).

    ResponderExcluir
  2. Angela, Zilka e Glaucia ! Parabéns pra nós pois hoje, 31 de agosto é o Dia do Blog.

    POEMA - SEXTILHA

    Ialmar Pio Schneider

    Aos amigos blogueiros, saudações !
    Em trinta e um de agosto, Dia do Blog,
    façamos nossas comemorações,
    divulgando as felizes criações,
    quer seja, em crônicas ou poesias,
    o gênero real e fantasias...

    Porto Alegre, RS, 31 de agosto de 2010-08-30

    http://ialmarpioschneider.blogspot.com/
    em 31.8.2010
    Jornal de Novo Hamburgo
    em 31.8.2010

    Um forte abraço pra vcs.

    Ialmar Pio

    ResponderExcluir